Os Músicos de Bremen

Publicado em 23 outubro 2013

10 - musicos

Inspirado no conto dos irmãos Grimm, “Os Músicos de Bremen” ganha uma nova versão, onde os personagens do conto original (o gato, o cão, o burro e o galo), são “humanizados” e transformados em personagens típicos do interior do nosso país em busca de uma vida melhor. A divertida adaptação e a direção são de Anderson Oliveira, responsável pelo sucesso de crítica e público de “A Princesa e o Sapo” vencedor dos prêmios Fita 2012 de melhor espetáculo Infantil e o Prêmio Botequim Cultural 2013 em três categorias: Melhor espetáculo Infantil, melhor diretor (Anderson Oliveira), e melhor ator( Domingos Santana).

A história se passa em alguma cidade do interior de Minas Gerais por volta dos anos 20 e narra à trajetória de quatro amigos, que cansados das humilhações e maus tratos do seu patrão, o Barão, resolvem fugir para encontrar sua liberdade. O encontro resulta na formação de um grupo de artistas mambembes que sonha em chegar à famosa semana de arte na cidade grande e ao estrelato. A trajetória vai sendo narrada por dois típicos contadores de “causos”, que retratam o singelo das coisas corriqueiras e floreiam com seus exageros e contos fantásticos desde o homem que pegava fogo de raiva, a mocinha que morria de amor. Em sua jornada os protagonistas serão enganados novamente, mas acabam descobrindo a importância da amizade e de se manterem unidos em busca de sonho.

A peça traz também um momento diferenciado para seus expectadores: uma pequena aula de musicalização, feita pela professora Juliana Veronezi, que integra o elenco , onde as crianças aprenderão as notas musicais pelo método Kodalli, noção rítmica e aprenderão a canção Todos juntos, de Chico Buarque para cantar em certo momento da peça e salvar os 4 heróis!

O cenário musical é construído sobre belas canções de consagrados compositores brasileiros, em especial Chico Buarque e Milton Nascimento. Os arranjos e direção musical foram assinados por Dalton Coelho e contou com a codireção de Juliana Veronezi. Dalton destaca as harmonias e contracantos vocais acompanhadas pela beleza do violão brasileiro e por boas pitadas de instrumentos de percussão. O roteiro, executado ao vivo, torna o espetáculo ainda mais atraente.

“A Música de Minas evoca todas as formas de sentimento da alma. Os sons que vem de Minas são os melhores para contar a sua própria história. Alguém já disse que o tempo passa mais devagar em Minas.”

Ficha Técnica:
Texto e Direção: Anderson Oliveira
Arranjos e Direção Musical: Dalton Coelho
Codireção Musical: Juliana Veronezi
Elenco: Talita Monteiro, Erick Rizental, Leandro Amado, Juliana Veronezi, André Rayol, Ronize Carrilho, Anderson Oliveira e Mário Sampaio
Figurinos: Anderson Oliveira
Cenário: Francisco Costa
Iluminação: Vlad Russo
Programação Visual: Ingrid Carrielo
Produção Executiva: Fernanda Milfont
Produção e Realização: R&A Produções e Vero Soluções Musicais

R&A Produções
(21) 2441-0612 / 98105-1302
anderson@riaproducoes.com.br
www.riaproducoes.com.br

  nav-shadow  

Deixe seu comentário